Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Novos resultados do Latin NCAP: zero estrela para o Suzuki Baleno e uma estrela para o Toyota Yaris
28 outubro 2021 |

O Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, Latin NCAP, apresentou uma nova série de resultados com decepcionantes resultados de zero estrela para o Suzuki Baleno e uma estrela para o Toyota Yaris. O Latin NCAP pede aos fabricantes que façam melhorias de forma urgente.

O Toyota Yaris, produzido no Brasil e na Tailândia, com dois airbags e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) padrão, obteve uma estrela no novo protocolo Latin NCAP. O modelo popular do segmento B atingiu 41,43% em Proteção de Ocupantes Adultos, 63,85% em Proteção de Ocupantes Crianças, 61,63% em Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis de Estradas e 41,86% em Sistemas de Assistência à Segurança. 

O Yaris para o mercado latino-americano não oferece airbags laterais de cabeça e corpo como é oferecido pelo mesmo modelo para o mercado da Malásia, por exemplo. No teste de impacto frontal, unidade avaliada em 2019, a estrutura do habitáculo e a área da zona dos pés foram consideradas instáveis. Durante o impacto lateral do Latin NCAP, a porta se abriu; isso significa que o veículo não teria sido aprovado no teste UN95, já que tem a mesma configuração do Regulamento UN95. O Sistema de Aviso de uso do Cinto de Segurança (SBR) do Yaris não detectou o passageiro da frente.

Essa abertura da porta em um impacto lateral requer ação imediata por parte da Toyota, pois apresenta um sério risco de ejeção do passageiro no caso de um impacto lateral. Este resultado é válido tanto para a versão hatchback como para a versão sedan e para todas as unidades de produção. Este modelo oferece equipamentos opcionais em alguns países da América Latina que potencialmente contribuiriam para um melhor desempenho e poderiam ter se tornado padrão em toda a gama de modelos. Porém, devido à decisão da Toyota no México, a padronização de equipamentos essenciais para melhorar o resultado do Yaris foi afetada negativamente. A Toyota se recusou a avaliar o equipamento opcional para mostrar seu desempenho, o que levanta dúvidas sobre a eficácia dele.

O Suzuki Baleno, fabricado na Índia, com dois airbags frontais como equipamento padrão ganhou zero estrela. O modelo compacto popular obteve 20,03% em Proteção de Ocupantes Adultos, 17,06% em Proteção de Ocupantes Crianças, 64,06% em Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis das Estradas e 6,98% em Sistemas de Assistência à Segurança. 

O resultado de zero estrela é explicado por proteção lateral fraca, pontuação de chicotada cervical baixa, devido à falta de teste UN32 para teste de impacto traseiro, falta de airbags de proteção lateral de cabeça (airbags de cortina) como equipamento padrão, ausência do ESC padrão e a decisão da Suzuki de não recomendar o Sistema de Retenção Infantil (SRI) para crianças explicam o resultado. O Baleno era vendido na Europa com seis airbags e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) como padrão, enquanto o modelo vendido na América Latina não oferece airbags laterais de corpo e cabeça nem ESC como padrão. A Suzuki recusou-se a avaliar o equipamento opcional para mostrar seu desempenho, o que levanta dúvidas sobre a eficácia dele.


Toyota Yaris 2019 - resultado do teste de auditoria
Como parte dos procedimentos regulares, o Latin NCAP realizou o teste de auditoria do Toyota Yaris publicado em 2019. O Latin NCAP avaliou o Toyota Yaris em 2019, fabricado no Brasil, conseguiu quatro estrelas para ocupante adulto e quatro estrelas para proteção do ocupante infantil. De acordo com os requisitos dos protocolos de avaliação, o Latin NCAP tem o direito de auditar qualquer teste patrocinado a qualquer momento.

O resultado do teste de auditoria mostra que durante o impacto lateral uma das portas foi aberta e o Sistema de Aviso do Cinto de Segurança (SBR) do passageiro não detectou corretamente o passageiro e, portanto, não alertou sobre o uso do cinto de segurança.


Como consequência, os novos cálculos foram feitos e o resultado é de três estrelas para o ocupante adulto
. O resultado de 2019 foi atualizado no site do Latin NCAP.

Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP, disse:
"O zero estrela do Baleno faz parte da contínua decepção após o resultado zero estrela do Swift divulgado algumas semanas atrás. A Suzuki oferece desempenho de segurança especialmente fraco como padrão para consumidores latino-americanos na proteção de ocupantes adultos e crianças. Também surpreendente e decepcionante é o primeiro resultado de uma estrela da Toyota, o Yaris. É preocupante que uma decisão da Toyota México seja o principal motivo para este resultado, mas também responsável pela decisão de não proporcionar os principais equipamentos de segurança de série neste momento. Como resultado desta decisão, os principais equipamentos de segurança, como airbags laterais de cortina e corpo, não estão disponíveis para todos os latino-americanos”.

“O Latin NCAP incentiva a Toyota e a Suzuki a melhorar significativamente os equipamentos de segurança padrão desses modelos o mais rápido possível e submetê-los à avaliação para demonstrar possíveis melhorias. A segurança básica dos veículos, considerada um dado adquirido em mercados maduros, é um direito que os consumidores latino-americanos devem exigir sem ter que pagar mais por isso."

      
Stephan Brodziak, Presidente do Conselho de Administração do Latin NCAP, disse: 
“É lamentável ter outro veículo Suzuki zero estrela, neste caso o modelo Baleno, que em alguns países é comercializado como "Bom, Bonito, Baleno", ao qual devemos adicionar "Segurança baixa". Quanto ao Toyota Yaris, é muito decepcionante ter obtido apenas uma estrela, sendo este carro tão popular na nossa região, com uma penetração de mercado muito alta. Em testes anteriores, a marca Toyota teve um recorde de desempenho de segurança muito bom, o que é inevitavelmente maculado por projetar com tão baixa segurança um dos veículos mais acessíveis para os consumidores que a Toyota possui, devido ao risco envolvido em ter um veículo de uma estrela circulando nas ruas de nossa região. Fazemos um apelo enérgico para que a Suzuki e a Toyota se comprometam com a segurança da população da América Latina e do Caribe, não queremos mais carros de zero e uma estrela circulando em nossos países.”

________________________________________

Suzuki Baleno
O Baleno foi avaliado em testes de impacto frontal, impacto lateral, chicotada cervical (whiplash) e proteção de pedestres. No impacto frontal o modelo ofereceu estrutura estável. O teste de impacto lateral mostrou alta intrusão da porta com pouca proteção no tórax do adulto durante o teste. O teste de chicotada cervical (whiplash) mostrou proteção marginal para o pescoço. O resultado de zero estrela é explicado por uma proteção de impacto lateral fraca, proteção marginal no teste de chicotada cervical, falta de airbags padrão para proteção de cabeça, falta de Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) como padrão e a decisão da Suzuki de não recomendar Sistemas de Retenção Infantil (SRI) para os testes. A proteção de Pedestres mostrou um desempenho de nível razoável. 

Leia o relatório completo
Veja o vídeo dos testes de batida
Faça download das imagens dos testes de batida

Toyota Yaris

O Yaris foi testado para impacto frontal, impacto lateral, chicotada cervical (whiplash), proteção de pedestres e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC). O resultado de uma estrela é explicado por uma proteção fraca no impacto lateral, proteção marginal na chicotada cervical, falta de airbags padrão para proteção de cabeça e falta de Aviso de Cinto de Segurança (SBR) de acordo com os regulamentos do Latin NCAP. A proteção de pedestres mostrou um desempenho de nível razoável.

Leia o relatório completo
Veja o vídeo dos testes de batida
Faça download das imagens dos testes de batida

________________________________________

Acerca do Latin NCAP
O Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina e o Caribe (Latin NCAP) foi lançado em 2010 para desenvolver um sistema regional independente de testes de colisão de veículos e de qualificação de segurança na região. O Latin NCAP replica programas de testes de consumidores similares desenvolvidos nos últimos trinta anos na América do Norte, na Europa, na Ásia e na Austrália, que demonstraram ser muito eficazes na melhora da segurança dos veículos. Desde 2010, o Latin NCAP vem publicado os resultados de mais de 135 veículos. www.latinncap.com/resultados

O Latin NCAP agradece o apoio recebido pelo Global New Car Assessment Programme (Global NCAP), pelo International Consumers Research and Testing (ICRT), pela FIA Foundation, pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela Bloomberg Philanthropies Global Road Safety Initiative.

O Latin NCAP é membro associado do Global NCAP e apoia o Decênio de Ação das Nações Unidas para a Segurança Viária e à iniciativa Stop the Crash.

Server Error

Leia também

Server Error
Server Error
Server Error
Server Error

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.