Voltar

Defeito no ar condicionado

ENCERRADA RESOLVIDA COM SUCESSO

Esta reclamação é pública

Sua reclamação:

M. S.

Para: Hyundai Motor Brasil

01/11/2019

Em 2014 adquiri um veículo HB20 Confort Plus 1.0. O veículo encontra-se com 45.000km. Depois da revisão de 30.000km o ar condicionado do veículo começou apresentar problemas de baixa eficiência. O mecânico da concessionária diagnosticou defeito no compressor onde foi realizada a troca em garantia. Depois de nove meses o ar condicionado votou a apresentar o mesmo problema de baixa eficiência. Leivei na concessionária, e pela segunda vez foi realizada a troca em garantia do compressor. Ao longo dez10 meses o ar condicionado foi perdendo aos poucos rendimento e voltou apresentar defeito pela terceira vez. Mas só que agora o carro já tinha 30 dias fora da garantia. Por se tratar de um defeito recorrente e mal resolvido pela concessionária, enquanto o veículo ainda estava na garantia, acreditei que a Hyundai fosse se posicionar de forma favorável a solução do problema, mas não foi isso que ocorreu. Simplesmente me negaram a garantia, desconsiderado todo o histórico envolvendo as intervenções feita pela concessionária no sistema de ar condicionado do carro. As troca de dois compressores no intervalo de nove meses, algo bastante incomum, nos dá claras evidências de pelo menos duas coisas: serviço mal executado pela concessionária ou problema de qualidade da peça substituida, o compressor. A Hyundai faz vistas grossas a esse fato. Já apresentei essa reclamação a Hyundai e a empresa age com omissão diante dos fatos expostos acima. A Hyundai desconsidera o fato de que, independentemente do veículo está ou não fora da garantia, quem mexeu e quebrou o no ar condicionado do meu carro foi a concessionária credenciada da Hyundai, a Pateo de Salvador Bahia.

Solução esperada

  • Reparo

Mensagens (4)

Hyundai Motor Brasil

Para: M. S.

07/11/2019

Prezados, Boa tarde! Em atenção à notificação extrajudicial CPTBR00756665-65, a Hyundai Motor Brasil Montadora de Automóveis La apresenta contranotificação e informações anexas. Mantivemos o título do e-mail, como solicitado. Colocamo-nos à disposição para o que for necessário. Solicitamos a confirmação do recebimento deste e-mail. Atenciosamente, [cid:image001.png@01D59591.F1D2FAB0]

M. S.

Para: Hyundai Motor Brasil

09/11/2019

Prezado Hyundai motor Brasil. É notório o defeito cronico no ar condicionado dos veículos da marca, inclusive do modelo HB20, conforme publicado pela revista 4Rodas. Com relação ao período de garantia vencida, que é o meu caso, isso não isenta a responsabilidade da montadora em resolver o problema, por se tratar de defeito recorrente e mal resolvido pela oficina da concessionária Pateo, credenciada de vocês, durante o período em que o veículo ainda estava contemplado pela garantia. Se vocês não são os responsáveis pelos serviços realizados pela concessionária Pateo, credenciado de vocês, quem é o responsável? Porque vocês agendam servicos nessa Oficina para seus clientes através do site? Porque depois do serviço executado vocês entram em contato com o cliente para obter informações sobre o serviço realizado? Se a responsabilidade não é mesmo de vocês, conforme alegado da réplica, porque isso não foi informado no momento em que o problema foi constatado na oficina da Pateo e comunicado à vocês? Na verdade o que fica evidente, pela forma em que a situação foi conduzida, é a omissão, tanto da Hyundai motor Brasil como da sua Oficina credenciada em assumir a responsabilidade por um problema gerado, quer por defeito de fabricação fo produto ou por imperícia do técnico que trabalha na Pateo e executou o mesmo serviço por duas vezes. O fato é que o ar condicionado do meu veículo está quebrado. Quem sempre mexeu no ar condicionado foi a Pateo concessionária credenciada da Hyundai motor Brasil. Será que é tão difícil assim entender de quem é a culpa? Será que teremos que ir diante de um tribunal para que após a avaliação dos fatos o juiz determine de quem é a responsabilidade? É justo eu assumir os custos pelo reparo do ar condicionado do meu veículo, que sofreu avaria, quer por defeito de fabricação ou por imperícia do técnico que executou o serviço? Com a palavra a Hyundai motor Brasil. Atenciosamente. Marcos Simões da Silva. Prezado Hyundai motor Brasil. É notório o defeito cronico no ar condicionado dos veículos da marca, incluseve do HB20, conforme publicado pela revista 4Rodas. Com relação ao período de garantia vencida, que é o meu caso, isso não isenta a responsabilidade da montadora em resolver o problema, por se tratar de defeito recorrente e mal resolvido pela oficina da concessionária Pateo, credenciada de vocês, durante o período em que o veículo ainda estava contemplado pela garantia. Se vocês não são os responsáveis pelos serviços realizados pela concessionária Pateo, credenciado de vocês, quem é o responsável? Porque vocês agendam servicos nessa Oficina para seus clientes através do site? Porque depois do serviço executado vocês entram em contato com o cliente para obter informações sobre o serviço realizado? Se a responsabilidade não é mesmo de vocês, conforme alegado da réplica, porque isso não foi informado no momento em que o problema foi constatado na oficina da Pateo e comunicado à vocês? Na verdade o que fica evidente, pela forma em que a situação foi conduzida, é a omissão, tanto da Hyundai motor Brasil como da sua Oficina credenciada em assumir a responsabilidade por um problema gerado, quer por defeito de fabricação fo produto ou por imperícia do técnico que trabalha na Pateo e executou o mesmo serviço por duas vezes. O fato é que o ar condicionado do meu veículo está quebrado. Quem sempre mexeu no ar condicionado foi a Pateo concessionária credenciada da Hyundai motor Brasil. Será que é tão difícil assim entender de quem é a culpa? Será que teremos que ir diante de um tribunal para que após a avaliação dos fatos o juiz determine de quem é a responsabilidade? É justo eu assumir os custos pelo reparo do ar condicionado do meu veículo, que sofreu avaria, quer por defeito de fabricação ou por imperícia do técnico que executou o serviço? Com a palavra a Hyundai motor Brasil. Atenciosamente. Marcos Simões da Silva.

Hyundai Motor Brasil

Para: M. S.

18/11/2019

Prezados, Boa tarde! Em atenção à notificação extrajudicial CPTBR00761349-93, a Hyundai Motor Brasil Montadora de Automóveis La apresenta contranotificação e informações anexas. Mantivemos o título do e-mail, como solicitado. Colocamo-nos à disposição para o que for necessário. Solicitamos a confirmação do recebimento deste e-mail. Atenciosamente, [cid:image001.png@01D59E21.CCB4FBA0]

Hyundai Motor Brasil

Para: M. S.

19/11/2019

Prezados, Boa tarde! Em atenção à notificação extrajudicial CPTBR00756665-65, a Hyundai Motor Brasil Montadora de Automóveis La apresenta contranotificação e informações anexas. Mantivemos o título do e-mail, como solicitado. Colocamo-nos à disposição para o que for necessário. Solicitamos a confirmação do recebimento deste e-mail. Atenciosamente, [cid:image001.png@01D59ED0.BDFEDB80]