Voltar

BANCO INTER - COBRANÇA EM DUPLICIDADE SOBRE 1 SAQUE EM CAIXA ELETRÔNICO

ENCERRADA NÃO RESOLVIDA

Esta reclamação é pública

Sua reclamação:

A. F.

Para: Banco Inter

29/04/2020

Em Porto Alegre, RS, no dia 24 de abril de 2020 fui efetuar um saque de R$ 200,00 num caixa eletrônico. Fiz o procedimento às 16h44min numa máquina do BANCO BANRISUL (banco do estado do Rio Grande do Sul) conveniada com o sistema eletrônico de saque 24h. Seguindo os passos normalmente para o referido saque, após a solicitação da senha e passados alguns segundos (mais que o normal) o caixa eletrônico (do BANCO BANRISUL) informou na tela que houve uma falha de comunicação com o BANCO INTER não completando a operação, encerrou o processo e liberou o cartão não emitindo relatório em papel. Como há uma segunda máquina ao lado para saques na mesma modalidade, de propriedade do banco 24h executei o mesmo procedimento em seguida, obtendo sucesso no saque de R$ 200,00. Verificando o extrato constatei que havia cobrança em duplicidade, ou seja, R$ 200,00 pela máquina do BANRISUL e R$ 200,00 pela máquina do banco 24h, mesmo tendo ocorrido UM ÚNICO SAQUE no valor de R$ 200,00. No dia 25 abril, voltei ao local do saque e obtive o número da máquina (05100110) e contato do BANCO BANRISUL (4020 1919). De posse destas informações liguei e fui informado que houve de fato uma falha no sistema, mas a máquina ESTORNOU O VALOR NO MESMO DIA (24 de abril de 2020) ao BANCO INTER. De 25 de abril até 30 de abril não ocorreu o crédito em minha conta referente a cobrança em duplicidade. No dia 31 de abril liguei para o atendimento do BANCO INTER para saber a razão da ausência do crédito, já uma semana após o episódio. Aí começou a lambança que nem Jó suportaria. DIA 31 DE ABRIL DE 2020 – BANCO INTER – PROTOCOLO 2734 4257 879 867 - início DIA 2 DE MAIO DE 2020 – BANCO INTER – PROTOCOLO 2020 1451 1543 437 - nada DIA 9 DE MAIO DE 2020 – BANCO INTER – PROTOCOLO 2020 1125 1995 330 – A TECBAN não identificou falha no sistema – tudo normal. Questionada se a tal TECBAN fez contato com o BANCO BANRISUL para alinhar informações. Como de praxe, a atendente não soube informar. DIA 9 DE MAIO DE 2020 – BANCO BANRISUL – PROTOCOLO 72.8029 – Novo contato com o banco BANRISUL que CONFIRMOU que o estorno ao BANCO INTER OCORREU NO MESMO DIA À TENTATIVA DE SAQUE (25/4). DIA 9 DE MAIO DE 2020 – BANCO INTER – PROTOCOLO 2020 1644 200 2861 – informado ao BANCO INTER o protocolo do BANCO BANRISUL sobre o estorno, onde solicitei que repassasse estas informações ao TECBAN. Passaram-se MAIS OITO DIAS E NADA. DIA 17 DE MAIO DE 2020 – BANCO INTER – PROTOCOLO 2020 1622 918 8973 – nada resolvido. DIA 17 DE MAIO DE 2020 – BANCO INTER – PROTOCOLO 647.573.714.4944 – PASSADOS 24 DIAS APÓS A COBRANÇA EM DUPLICIDADE 17 DE MAIO de 2020 – BANCO INTER / OUVIDORIA – PROTOCOLO 2004.1724.656 – Registro e informação que dariam RETORNO SOBRE O OCORRIDO EM 10 DIA UTEIS!! 10 DIAS ÚTEIS ?? MAS NÃO HAVIAM PASSADOS 24 DIAS JÁ?? PARA QUE 10 DIAS UTEIS MAIS PARA UMA CORRIGIR UM ERRO DO PRÓPRIO BANCO? Em 23 de MAIO DE 2020 registro esse inacreditável acontecimento. Tanta tecnologia, sistemas extremamente seguros e ágeis, que trabalham com a mais pura matemática não conseguem identificar que em algum lugar tem um erro de caixa? Bancos investem milhões em tecnologia desprezam a necessidade de uma estrutura básica de atendimento ao cliente para soluções simples. O curioso é que os "erros" só acontecem em favor do banco, nunca para o cliente. Estamos com advogados vendo uma eventual ação contra esse BANCO INTER e possivelmente o BANCO BANRISUL. Estou motivado a registrar um boletim de ocorrência policial também. NUNCA RECEBÍ RETORNO DO BANCO INTER, seja por SMS ou e-mail ou telefone sobre “o andamento" do processo. Todas as informações aqui expostas EU tive que buscar, numa situação humilhante e muito clara que o PROBLEMA É MEU. Hoje entendo que bancos só querem o dinheiro do cliente, mesmo que de forma irregular, por alguns dias é verdade, mas isto já basta. Depois vem as desculpas.

Solução esperada

  • Reembolso: R$ 200,00
  • Revisão de valores
  • Danos morais/materiais