Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Depilador de luz pulsada chega ao Brasil
De uso doméstico, removedor de pelos i-LIGHT PRO é eficaz, exceto para peles morenas. Mas usuário deve consultar médico antes de comprá-lo, devido às restrições.
02 outubro 2014 |

A Remington lançou no Brasil o i-LIGHT PRO, removedor de pelos por luz pulsada intensa, e a PROTESTE faz a primeira impressão deste produto. Vale ressaltar que esse aparelho é muito diferente do laser, que só pode ser aplicado por profissionais especializados. 
 
Embora possa intimidar a ideia de um removedor de pelos de uso doméstico, o i-LIGHT PRO tem a aprovação de todas as agências reguladoras, da FDA norte-americana e do CE, do mercado europeu, à Anvisa. Portanto, trata-se de um produto de uso seguro. 

Leitura de manual é importante para usar com segurança

Falando em segurança, a leitura do manual é essencial para saber usá-lo sem sustos, além de compreender os alertas, as contraindicações e a manutenção. Isso porque há uma lista extensa de situações em que o aparelho não deve ser utilizado. Por exemplo, para rosto e pescoço, regiões que tenham tatuagem ou pele seca ou frágil devido a peelings químicos, entre muitas outras restrições, como: 

  • Grávidas ou lactantes,
  • Exposição a bronzeamento artificial ou natural nas últimas quatro semanas.
  • Não aplicar mais de uma vez na mesma área, pois pode provocar queimaduras.
  • Não utilizar na mesma área da pele mais de uma vez por semana.
  • Se já estiver fazendo tratamentos de remoção de pelos.
  • Pessoas que tenham diabetes ou doença cardíaca congestiva. 
  • Caso tenha pele sensível à luz, doença de pele, como câncer de pele ativo, ou histórico de câncer de pele. 

Consulte seu médico antes de comprar o depilador

Diante dessas e das muitas outras ressalvas feitas pelo fabricante, a PROTESTE recomenda que o consumidor consulte seu médico antes de adquirir o i-LIGHT PRO.

Constatamos também que o depilador, conforme recomendação feita no manual, não é indicado para a pele negra, pois seu sensor ativador é capaz de reconhecer essa cútis, impedindo em acionar o aparelho. A depilação de luz pulsada pode causar queimaduras, bolhas e alterações de tom em peles mais morenas. 

O i-LIGHT PRO custa R$ 1199,88.

 

Leia também

carro-franquia-seguros-perda-total
uber-proibido
uber-regulamentacao
broken-car

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.