Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

ANS divulga novas coberturas obrigatórias para os planos de saúde
Tratamento da esclerose múltipla foi uma das principais coberturas incluídas nos planos de saúde.
03 janeiro 2018 |
saude-familia-seguro-plano

Entrou em vigor nessa terça feita, dia 02 de janeiro de 2018, a nova cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde estabelecida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A Resolução Normativa com a atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde estabelece a inclusão de 18 novos procedimentos – entre exames, terapias e cirurgias que atendem diferentes especialidades – e a ampliação de cobertura para outros sete procedimentos, incluindo medicamentos orais contra o câncer. Pela primeira vez, foi incorporado um medicamento para tratamento da esclerose múltipla. Veja aqui algumas das principais alterações:

plano-de-saúde-2018

A atualização do Rol é um avanço importante para os beneficiários dos planos de saúde. Os critérios de revisão devem estar em constante evolução. Os procedimentos incluídos são aqueles nos quais os ganhos coletivos e os resultados clínicos são mais relevantes para os pacientes. Todavia, a inclusão de tecnologias é sempre precedida de avaliação criteriosa, alinhada com a política nacional de saúde, e contempla, além das evidências científicas, a necessidade social e a disponibilidade de recursos. A decisão pela inclusão também leva em consideração a prevalência de doenças na população. 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

cobertura-seguro-carro
cartão-santander
casal-sonhando
economias

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.