Notícia

Consumidor sofre com os planos de saúde

14 março 2013
plano-de-saude

14 março 2013

Conheça as principais queixas dos beneficiários e entenda a resolução normativa que prevê os prazos para atendimentos estabelecidos pela ANS.

    Segundo o levantamento realizado em 2012 em parceria com a PROTESTE, no canal de atendimento “SOS Paciente” da Associação Paulista de Medicina (APM), os consumidores ainda enfrentam sérios problemas com os serviços prestados pelos planos de saúde. Por isso, apresentamos estes índices e pedimos que a ANS adote medidas cabíveis para resolver estes problemas que afetam diretamente a saúde dos brasileiros.

Veja abaixo as reclamações mais comuns: 

  • 77% das reclamações são de consumidores da região sudeste.
  • 50% do total das reclamações são sobre os serviços prestados no estado de São Paulo.
  • 61% dos consumidores possueam contratos individuais e familiares.
  • 76% dos contratos foram feitos após a Lei 9.656/98.
  • 53% das reclamações foram realizadas por mulheres com 59 anos ou mais. 

Veja abaixo as principais queixas dos beneficiários:

  • 40% Demoram a agendar consulta e procedimentos.
  • 17% Negativa de cobertura.
  • 13% Reajuste.
  • 8% Rede credenciada insuficiente.
  • 6% Descredenciamento.
  • 4% Outros.
  • 4% Cancelamento do plano.
  • 2% Carência do plano.
  • 2% Falha do atendimento.
  • 2% Portabilidade.
  • 1% Falta de leito para internação.
  • 1% Doenças e lesões preexistentes.

    Um dos problemas que representa 40% das reclamações possui normativo da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A Resolução Normativa em questão é a RN 259, a qual prevê os prazos para atendimentos e que lamentavelmente, não está sendo cumpridas pelas operadoras de planos de saúde.

Veja abaixo alguns dos prazos de procedimentos já estabelecidos:

  • Consultas básicas (pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologista e obstetra): até 7 dias úteis.
  • Consulta nas demais especialidades médicas: até 14 dias úteis.
  • Consulta e procedimentos realizados em consultório/clínica com cirurgião-dentista: até 7 dias úteis.
  • Serviços de diagnóstico por laboratório de análises clínicas em regime ambulatorial: até 3 dias úteis.
  • Urgência e emergência: Imediato.

    De acordo com os dados obtidos, é possível concluir que a maioria das reclamações está relacionada com a insuficiência da rede disponibilizada pelas operadoras, somando mais de 55% do total de reclamações recebidas. 

plano-de-saude-reclamacoes
Como indica o gráfico 77% das reclamações são de consumidores da região sudeste.

Imprimir Enviar a um amigo