Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Eletrodomésticos: saiba escolher e economize até 60% na conta de luz
Etiqueta de economia energética atual está defasada. Te ensinamos uma fórmula para escolher certo e reduzir seu consumo.
15 janeiro 2018 |
economia-eletrodomesticos-1

Muita gente não sabe, mas poupar energia é uma decisão que já começa no momento da escolha dos produtos a serem levados para casa. O segredo para uma compra inteligente está nos dados sobre eficiência energética que acompanham os aparelhos. Mas, atenção consumidor brasileiro: as atuais etiquetas existentes nos equipamentos estão desatualizadas e podem te induzir ao erro. 

A eficiência energética dos produtos é classificada segundo uma variação de cores, que vão do verde ao vermelho, juntamente com letras, que vão de “A” a “E” (sendo “A” o mais econômico e “E” o menos econômico). Mas observamos que, muitos equipamentos hoje em dia, são classificados na categoria “A” sem, necessariamente, serem os mais eficientes. 

Analise as características certas

Por isso, o primeiro passo é olhar a potência do aparelho, que é informada no manual e no próprio produto. Para calcular o gasto de energia de uso durante o período de uma hora é preciso dividir a potência do equipamento por 1.000 e multiplicar pela tarifa de energia da sua companhia. Você pode consultar a tarifa da sua região na sua conta de luz ou acessando o site da Aneel. 

Aprenda um cálculo simples

Com todas as informações na ponta do lápis, montamos a seguinte fórmula: 

Gasto por hora= Potência (Watts) /1000 x Tarifa de Energia

economia-eletrodomesticos-4

Como exemplo, calculamos o consumo de uma sanduicheira com 1200 Watts de potência, onde a tarifa de energia local é de R$ 0,80. Para saber quanto o consumidor gastará por cada hora de uso do aparelho, fizemos a seguinte conta:

1200 Watts ÷ 1000 x R$ 0,80 = R$ 0,96 por hora

Viu como é fácil? Para ilustrar como esse cálculo te ajuda a gastar menos, realizamos testes comparativos em diversos produtos com o melhor custo-benefício para você  (escolha-certa), comparando-os, respectivamente, com outros modelos semelhantes, de maior consumo. 

Na categoria ares-condicionados, comparamos o modelo LG- Libero Smart Inverter US – Q122HSG3 de 12.000 BTU, de melhor custo-benefício, com o modelo  Electrolux – Tecnho Iverter Frio BIO9F/BE09F, de 9.000 BTU, eleito como o melhor do nosso teste.

 economia-eletrodomesticos-5

Constatamos que o modelo de 12.000 BTU gasta menos do que o de 9.000 BTU. Ou seja, adquirir um ar-condicionado com menor capacidade de resfriamento não garante economia de energia. 

No verão, com o uso do equipamento durante 8h ao dia, por 30 dias seguidos, um morador do Rio de Janeiro, por exemplo, gastaria R$38,43 com o LG e R$96,35 com o Electrolux. Uma diferença de R$57,92, ou seja, pagaria 60% a menos fazendo a escolha certa

Veja os ares-condicionados que a PROTESTE recomenda

 economia-eletrodomesticos-3


Por ser um dos aparelhos que mais pesam na conta de luz, também comparamos geladeiras. Os modelos escolhidos foram Brastemp BRM39, de 352 litros e Electrolux – TF52, de 350 litros

Os resultados demonstram que para um cliente da Eletropaulo, por exemplo, a Electrolux TF52 gera um gasto mensal de R$ 182,16, enquanto a Brastemp BRM39 apenas R$ 77,76. Ou seja, dois aparelhos Brastemp ligados ao mesmo tempo ainda gastariam, juntos, menos energia que o Electrolux. Além de consumir bem menos energia, a Brastemp BRM39 custa R$ 785 a menos que sua concorrente. 

Confira nosso comparador de geladeiras

Já deu para notar que com uma atitude pequena você pode gerar uma economia gigante no seu bolso? Então anota aí mais uma dica: coloque etiquetas com o valor gasto para usar cada aparelho na sua residência. 

Você pode fazer isso, por exemplo, na TV e quando ela estiver ligada se perguntar se vale a pena pagar essa quantia para assistir aquele programa chato ou aquele filme repetido. Aconselhamos a fazer o mesmo com o ar-condicionado. Assim você sabe o preço por dormir enroladinho no edredom todas as noites.

Então, antes de decidir o produto que vai adquirir, já sabe: não olhe apenas o valor da mercadoria. O barato pode sair muito caro. 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

cartão-santander
economias
mudancas-afetam-bolso
casal-sonhando

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.