Notícia

Cliente da Unimed Paulistana deve ter cautela antes de aderir a novo plano

02 outubro 2015

02 outubro 2015

A portabilidade extraordinária é válida para todas as categorias de planos e beneficiários poderão fazê-la , sem cumprimento de carência. Veja as orientações para analisar com atenção as propostas oferecidas.


A portabilidade extraordinária, que inicia hoje (1), é válida para clientes de planos individuais, familiares e coletivos empresariais com menos de 30 vidas. A PROTESTE orienta os 155,3 mil beneficiários da Unimed Paulistana que passarão a ser atendidos por outras empresas do sistema Unimed a avaliarem com cautela todas as propostas oferecidas, antes de optar pelo novo plano. 


 

Redes precisam ter suporte para nova demanda


Embora as Unimeds tenham se comprometido a manter os preços das mensalidades 25% inferiores a média do mercado, você precisa levar em conta suas necessidades, perfil de uso e características das todas as pessoas que o utilizam, antes de concluir a migração. 


A PROTESTE tem especial preocupação quanto à capacidade de atendimento e adequação da rede credenciada para atender o contingente de novos usuários e alerta para a necessidade de fiscalização da qualidade do serviço prestado, já que não há indicadores que revelem qual a proporção ideal entre o número de beneficiários e a rede disponível. Essa ausência abre espaço para as operadoras aumentarem sua carteira de clientes sem ter a rede credenciada adequada – o que configura em descumprimento de oferta, proibida pelo Código de Defesa do Consumidor.


Se você tem contrato ativo com a Unimed Paulistana, obtenha assistência e orientações mais detalhadas sobre como proceder entrando em contato com a PROTESTE pelos telefones (11) 4003-3907 (Para o Estado de São Paulo), (21) 3906-3900 (Demais Estados) ou 0800-201-3900 (Para telefones fixos de São Paulo).



Beneficiário escolhe o plano que deseja


O sistema Unimed assinou quarta-feira (30) um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Agencia Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e órgãos de defesa do consumidor, que determinou que 155,3 mil dos 744 mil clientes da operadora passassem ser atendidos por diferentes empresas do grupo – Central Nacional Unimed, Unimed Federação do Estado de São Paulo, Unimed Seguros e Unimed do Brasil.


Os consumidores contemplados pelo acordo receberão em até 20 dias, carta informando sobre a portabilidade extraordinária, que deve apresentar todos os planos individuais/familiares disponíveis, incluindo os quatro tipos de planos apresentados no TAC: básico - enfermaria com coparticipação; básico - enfermaria; básico - apartamento; especial - apartamento; preços máximos dos planos e documentos necessários para contratação.


O beneficiário pode escolher o plano que deseja e não haverá a necessidade de cumprir novas carências. Em seguida, deve se dirigir à operadora escolhida com a seguinte documentação: carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e pelo menos quatro boletos pagos na operadora de origem, referentes ao período dos últimos seis meses. Se houver qualquer dificuldade, você deverá entrar em contato com a ANS por meio do Disque-ANS: 0800-701-9656, de segunda a sexta, das 8h às 20h, exceto feriados.


A transferência dos clientes da Unimed Paulistana para outras operadoras foi determinada pela ANS no início de setembro. A empresa enfrentava crise financeira desde 2009. 


Confira tabela de novos preços para os beneficiários após a portabilidade:



Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!


Imprimir Enviar a um amigo