Server Error

Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Os 10 motivos para o seu seguro ser negado
Mudar de veículo, CEP ou de condutor na apólice e não avisar a seguradora pode levar o seu seguro ser negado.
12 abril 2018 |
carro-sinistro-negado-seguros

Muitas pessoas por desconhecimento, ou por falta de orientação ou até mesmo por má-fé acabam tendo seus seguros negados pela seguradora e consequentemente amargando um prejuízo. A PROTESTE orienta a todo o momento que se o segurado fizer alguma alteração, como CEP de residência ou até mesmo a cor do veículo for alterada, imediatamente informe ao seu corretor para realizar a devida alteração na sua apólice. 

Saiba o que mudou no DPVAT 2018

Alguns segurados ou até mesmo corretores mal intencionados, acabam sugerindo colocar informações incorretas no perfil da proposta para baratear o custo, acreditando que a seguradora nunca irá descobrir. Mas as seguradoras acabam descobrindo. Cada vez mais elas estão preparadas para combater a fraude. Ela possui área especifica para detectar a fraude, com ferramentas de ultimas geração e até mesmo peritos que utilizam varias técnicas e elementos para encontrar indícios de fraude nos casos de sinistros ocorridos. 

A PROTESTE fez um levantamento dos principais motivos de recusa de uma seguradora.

1 – Informar dados errados no perfil com o intuído de baratear o seguro. 

2 – Mudar alguma característica do risco, como cep de pernoite, ida e volta ao trabalho, utilização do veículo, por exemplo, e não informar a seguradora do ocorrido, para realização do endosso. 

3 – Dirigir embriagado e causar acidente.

4 – Emprestar o carro para pessoas não habilitadas e pessoas que não constem na apólice.

5 – Não pagar o seguro corretamente na data do vencimento da parcela.

Quando não pagar a franquia do seguro

6 – Premeditar o sinistro e provoca-lo de forma intencional.

7 – Agravar o risco, ou seja, provocar acidentes, deixar o carro aberto para ser furtado, entre outros motivos.

8 – Instalar acessórios e equipamentos, como sons esportivos, rodas com polegadas superiores ao de fabrica, sem avisar previamente à seguradora.

9 – Mudar as características originais de fabrica do veículo, como por exemplo: rebaixar.

10 – Tentar levar vantagem com a seguradora, fraudando e agindo de má-fé.

Estou com a CNH vencida e bati o meu carro, o que fazer?

Se desejar saber mais sobre esse seguro ou receber descontos no seguro de carro, entre em contato com a nossa área através do seguros@proteste.org.br e tire suas dúvidas.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

carro-franquia-seguros-perda-total
cobertura-seguro-carro
teste-carros-um
plano-de-saude-cuidados

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.