A partir de Proteste Gostaríamos de informar que o nosso website utiliza os seus próprios e Cookies de Terceiros para medir e analisar a navegação dos nossos usuários, a fim de fornecer produtos e serviços de seu interesse. Ao utilizar o nosso website você aceita desta Política e consentimento para o uso de cookies. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações em aqui.

Alimentos

XI Seminário PROTESTE: Higiene de Alimentos Fora de Casa - o consumidor está seguro?

04 set 2013, 09:00 - 04 set 2013, 17:00
Please wait while the video is loading...

O consumidor está seguro quanto à higiene dos alimentos quando se alimenta fora de casa? Para responder esta questão, vamos reunir especialistas no XI Seminário Internacional PROTESTE de Defesa do Consumidor no próximo dia 4 de setembro, na Unicamp, em Campinas.

Promovido em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação (NEPA) da Unicamp, o seminário está com inscrições abertas pelo email: seminario@proteste.org.br. Como as vagas são gratuitas e limitadas, é importante se inscrever o quanto antes. Serão fornecidos certificados.

No evento, serão divulgados os resultados de testes, realizados em nove cidades, com alimentos comprados em praias, restaurantes tipo self-service de shoppings e ambulantes. Especialista da Dinamarca, Gitte Sorensen, da Associação de Consumidores Danish Consumer Council, vai expor como funciona o sistema de classificação dos restaurantes da Dinamarca com base nas condições de higiene do estabelecimento.

Sistema semelhante está previsto para ser testado ainda este ano pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que foi convidada a expor como será classificação dos estabelecimentos por higiene prevista para as cidades da Copa de 2014. Uma boa classificação do restaurante passará segurança para o cliente, avalia a PROTESTE.

A questão da segurança alimentar é um dos principais aspectos a serem levados em consideração no momento de decidir em qual local se alimentar fora de casa e quando se trata de locais como quiosques de praia, ambulantes e self-service esta tarefa fica ainda mais difícil. Dados do Ministério da Saúde, entre 2008 e 2012, mostram que houve um aumento de 226% de notificações por intoxicações causadas por alimentos e bebidas.

Ao final do evento, será lançada uma cartilha para ajudar o consumidor a tomar precauções que evitem intoxicações. O consumidor deve saber o que está consumindo e como pode se prevenir dos problemas de saúde relacionados aos alimentos.

Auditório da Faculdade de Ciências Médicas – FCM/Unicamp Rua Tessália Vieira de Camargo, 126 - Cidade Universitária - Campinas/SP